segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Prefeitura de Paulicéia adota a campanha Segunda Sem Carne nas escolas municipais


A Prefeitura de Paulicéia/SP em parceria com a HumaneSociety Internacional (HSI), uma das maiores organizações de proteção animal do mundo, lança a campanha Segunda Sem Carne. As refeições da merenda escolar deixarão a carne de fora todas as segundas-feiras para contar com opções saudáveis e nutritivas à base de vegetais. 

Para auxiliar a implementação do programa, durante o primeiro semestre letivo, várias ações foram realizadas: formação com os profissionais do magistério e equipe de apoio escolar; entrega aos alunos e professores do livro “Nós adoramos as segundas-feiras”, com a presença da autora Tânia Veiga Judar. E por fim, a HSI realizou palestra de conscientização e capacitação as merendeiras para o preparo de deliciosas refeições vegetais. A nutricionista responsável pela alimentação escolar no município, Luana Ferreira Voltarelli, durante esta semana sensibilizou os envolvidos para a campanha que oficialmente será implementada na a partir desta segunda-feira, dia 21.

GOVERNO MUNICIPAL 

Começa amanhã(21) e vai até dia (28) a 4ª Exposição de Trabalhos Artesanais dos Alunos da APAE de Panorama

Exposição está dentro da Programação da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla. 

A Associação de Pais e Amigos  dos Excepcionais- APAE de Panorama, tem a grata satisfação de convidar  a população local e de cidades vizinhas para 4ª Exposição de Trabalhos Artesanais confeccionados por seus alunos.

A iniciativa está dentro da Programação  da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual  e Múltipla 2017, lembrada nos dias 21 a 28 de Agosto.

Nessa data ocorrerá na sede da APAE diversas atividades diversificas, entre elas, a já tão conhecida Exposição Artesanal de artigos confeccionados pelos alunos e professores da instituição.

Os trabalhos já estão quase todos prontos. Tudo será comercializado a preços acessíveis.  

A Instituição convida então toda a população para prestigiar, visitar, conhecer de perto os trabalhos educativos elaborados pelos seus amados alunos!

A sede da APAE  Rua,  Nícola Zwing, 948 - Centro, Panorama, Telefone para esclarecimentos é o (18) 3871-3600. 

Compareçam e prestigiem!! 

Rua 9 de Julho em Adamantina tem pedras arrancadas pela enxurrada

Enxurrada destruiu rua de pedras, Buracos chegam a quase 1 metro de profundidade.

SIGA MAIS



A forte enxurrada, decorrente das chuvas na tarde deste domingo (20), causou um rastro de destruição na rua Nove de Julho, na quadra entre a Avenida Rio Branco e Alameda Armando Salles de Oliveira, no centro da cidade. 

A região recebe aguas de uma região bastante ampla, vindas da Avenida Rio Branco, Alameda Navarro de Andrade e Alameda Fernão Dias, que não foram totalmente absorvidas pela rede de galerias pluviais. 

Com o volume concentrado de chuvas as enxurradas se formaram e ganharam força, arrancando as pedras da Rua Nove de Julho. 

Em alguns locais a profundidade dos buracos, decorrente das enxurradas, chega a quase 1 metro, deixando casas isoladas, impossibilitando a entrada e saída de veículos das garagens. 

As pedras da quadra entre a Avenida Rio Branco e Alameda Armando Salles de Oliveira foram arrastadas até as imediações da sede social da ACREA, pela rua Nove de Julho, e também na Avenida Deputado Cunha Bueno.

OFERTAS BEIRA RIO SUPERMERCADO



Chuvas ampliam e agravam problemas no Parque dos Pioneiros em Adamantina

Bombeiros ampliam área de isolamento no Parque dos Pioneiros, com ampliação das crateras.

SIGA MAIS


O volume concentrado de chuvas neste domingo fez agravar e ampliar ainda mais os problemas nas galerias do Parque dos Pioneiros. A região recebe águas pluviais de uma grande bacia da cidade, sobretudo a região central. 

Os problemas no local se originaram em janeiro de 2013, com as fortes chuvas que atingiram a cidade, naquele ano. E desde então o cenário tem se agravado, decorrente da própria ação das águas pluviais e sem uma medida definitiva para sanar os estragos, o que depende de grande investimento de recursos. 

Agora, neste domingo, as águas ampliaram a dimensão das crateras, agravando ainda mais os problemas. Uma equipe do Corpo de Bombeiros esteve no local e com uma fita, ampliou a área de riscos.

A região recebeu um grande volume de águas superficiais no cruzamento da Alameda Padre Nóbrega com a Rua Osvaldo Cruz, que avançaram sobre a área de gramado do parque. Uma caçambacom entulhos foi arrastada para dentro do Parque. Já pelas galerias, o volume concentrado arrastou a terra nos locais onde a galeria está aberta, ampliando as crateras. 

No final das galerias, na altura da ponde sobre a Avenida Francisco José de Azevedo, a água barrenta e cor avermelhada era a evidência de que havia terra sendo deslocada pela correnteza. 

Na região próxima à ponte e eucaliptos, formou-se um piscinão superficial que vazava para a rua Antônio Cescon, sendo conduzida a uma boca de lobo.