quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Patrulhamento encontra madeira nativa armazenada sem documentação

Mourões de angico-preto e maçaranduba estavam nos fundos de um posto de combustíveis, em Tupi Paulista.



Durante patrulhamento na tarde desta terça-feira (8), a Polícia Militar Ambiental localizou nos fundos de um posto de combustíveis, em Tupi Paulista, o depósito de 69 mourões de angico-preto e maçaranduba, que totalizaram 2,8117 metros cúbicos de madeira nativa sem cobertura de documento de origem florestal para o armazenamento. 

A corporação aplicou uma advertência ao responsável pela madeira, incorrendo no disposto no artigo 48, parágrafo 1º, da Resolução SMA-048/2014, e o material permaneceu depositado no local. 

A ocorrência será apresentada via ofício à Polícia Civil por, em tese, incorrer no disposto no artigo 46 da lei federal 9.605/98.

G1

Nenhum comentário: